Como Fazemos

O bem estar animal e a segurança no trabalho são fundamentais para o bom desenvolvimento de nosso trabalho.
Como Fazemos

Como fazemos

O bem estar animal, a segurança no trabalho, o pioneirismo, competência, ética, melhora contínua no enfoque educativo são fundamentais para o bom desenvolvimento de nosso trabalho.

A cura e resolução de distúrbios odontológicos dolorosos são as bases para a promoção do bem estar animal. A segurança no trabalho envolve o exame clínico, o preparo dos equipamentos odontológicos e monitoração dos animais após o tratamento odontológico.

Todos os cavalos passam por um minucioso exame clínico, antes de todo procedimento. Todos os parâmetros são avaliados e se não apresentarem alterações, o cavalo estará apto para ser sedado e ter o seu atendimento realizado. A adoção de um rígido e seguro critério de avaliação física pré-sedação possibilitou que nossa taxa de acidentes anestésicos nos últimos 15 anos fosse menor do que 1%.

Os equipamentos odontológiocos são preparados, calibrados e desinfetados para qualquer tipo de situação que possa ocorrer durante o procedimento odontológico, sem oferecer riscos para o seu cavalo, os auxiliares e nossa equipe. A sedação é realizada para possibilitar o atendimento odontológico. O cavalo deverá estar em jejum, conforme orientação prévia de nossa equipe. O cavalo permanece em estação (em pé) e a contenção do paciente é realizada por meio de uma associação de fármacos de última geração.

Para os cavalos que necessitam de uma maior atenção ou apresentem leve alteração no exame físico, um veterinário anestesista realiza o monitoramento do status cardio-circulatório de seu cavalo. O atendimento odontológico é iniciado com exame da cavidade oral e preenchimento da ficha odontológica (odontograma). Desta forma, um minucioso planejamento determinará o procedimento adequado a ser seguido para a resolução do caso. Ao final do procedimento odontológico, o cavalo é monitorado para que retorne da sedação de maneira segura e suave. 

Após nova avaliação física, um antídoto é administrado para reverter o efeito da sedação em poucos minutos. O cavalo é acompanhado até a sua baia e observado por alguns minutos até que esteja plenamente recuperado da sedação.

As embocaduras são examinadas quanto ao seu tamanho, construção e presença de possíveis imperfeições que possam machucar a boca do seu cavalo. Dependendo do procedimento ao qual este cavalo foi submetido, em até 2 horas ele poderá estar comendo novamente e montado 24 hora após o atendimento.

Nossa Missão

Prestar assistência especializada na área de Odontologia Equina.
Desenvolver atividades de ensino, treinamento e pesquisa em Medicina e Odontologia Equina Avançada. Valorizar o paciente equino, o proprietário e os colegas veterinários. Prestar suporte técnico ao Médico Veterinário. Promover ações de extensão à comunidade.

Nossos Valores

Pioneirismo, competência, bem estar animal, ética, melhora contínua no enfoque educativo.

Nossa Visão

Sermos reconhecidos como referência e pioneirismo de excelência em gestão do conhecimento nas área de pesquisa em Medicina e Odontologia Equina Avançada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>